[DVD] Filme: Vidas Secas - 1963

Título: Vidas Secas
Gênero: Drama Literário
Duração:
100min
Lançamento: 1963
País: Brasil

Direção: Nelson Pereira dos Santos
Elenco:
Átila Iório, Genivaldo Lima, Jofre Soares, Maria Ribeiro, Orlando macedo....

DVD - P&B



Adaptação da obra de Gracilaino Ramos.





INFO:
Vidas Secas é uma adaptação do romance homônimo de Graciliano Ramos, publicado em 1938, considerado como a maior obra do autor. É um retrato sda vida de pessoas que vivem no sertão brasileiro e do sacrifício delas para sobreviver. Tendo como tema a luta pela sobrevivência diante do flagelo da estiagem, o autor traz em seus personagens muito da alma nordestina nos traços de Fabiano e sua família. Fabiano, Sinhá Vitória e seus dois meninos atravessam o sertão em busca de alguma forma de sobrevivência. Eles que perderam suas criações e toda forma de rendimento através da terra, devido a uma grande seca, são arrastados por vários quilômetros de solo seco e rachado, à merce da fome e da sede. A tristesa aliada ás saudades de casa e de uma vida digna são agravadas após a triste morte da tão estimada cachorra: Baleia. Sendo esta umas das mais tristes e marcantes cenas do filme.
Neste filme fica perceptível a influência marcante do neo-realismo italiano na obra do diretor Nelson Pereira dos Santos.


"E andavam para o Sul, metidos naquele sonho. Uma cidade grande, cheia de pessoas fortes Os meninos em escolas, aprendendo coisas difíceis e necessárias. Eles dois velhinhos, acabando-se como uns cachorros, inúteis, acabando-se como Baleia. Que iriam fazer? Retardaram-se temerosos. Chegariam a uma terra desconhecida e civilizada, ficariam presos nela. E o sertão continuaria a mandar gente para lá. O sertão mandaria para a cidade homens fortes, brutos, como Fabiano, Sinhá Vitória e os dois meninos."
trecho do livro

1964 - Festival de Cannes (França) : Prêmio OCIC e prêmio dos cinemas de arte.
Indicado à Palma de Ouro.
Considerado o melhor filme do ano pela Resenha de Cinema de Gênova (Itália)
Único filme brasileiro a ser indicado pelo British Film Institute como uma das 360 obras fundamentais em uma cinemateca.














Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...